terça-feira, 12 de novembro de 2019

Filme os "Caipiras" será lançado dia 21 no Imperial Shopping, em Imperatriz


Filme os "Caipiras" produzido em Imperatriz, estreia dia 21

Imperatriz – O filme de longa metragem, os “Caipiras” gravado e produzido em Imperatriz, pelo diretor e músico, Hélio Amaral, será lançado no dia (21), quinta-feira às 19h, no Imperial Shopping, em Imperatriz.
O longa metragem, trás em seu enredo, as atrapalhadas dos irmãos Caipiras, Zé Leitão e Zé Coité, que juntos vão para a cidade grande em busca de um sonho para “Vandinha”, (a cantora Wanda Solimões), filha de Zé Leitão que sonha em ser um dia uma cantora famosa, em nível nacional.
No caminho dos “Caipiras” surgem “AMARILDO”, personagem do músico Hélio Amaral, que se oferece para ajudar os Caipiras, que não contavam com o surgimento de “SABRINA”, uma loira muita mal intencionada que fez de tudo para atrapalhar a vida dos Caipiras. Esta turma embarca nessa comédia cheia de aventura, suspense e muita emoção.  
O filme os “Caipiras” que estreia nas telinhas dos cinemas imperatrizenses, no dia (21), próximo, todo gravado e produzido na cidade de Imperatriz, conta com às participações especiais, dos atores, Feliciano Popô (Zé Leitão) do filme que já fez sucesso no Brasil, “Aí Que Vida” e conhecido em mais de 15 países; o ator, Zezé Bramussi (Zé Coité), a cantora, Wanda Solimões e Toinha Catingueiro (Cleó), também do elenco do filme, “AÍ QUE VIDA”.
O elenco do longa metragem, conta também com participações de pessoas importantes de imperatriz, como: o ator, cantor e escritor, Zé Ribeiro; o apresentador de televisão e jornalista, Jeizel Nascimento, o cantor Wanderley Andrade, a cantora Cecília Camargo, à atriz, Toinha Catingueiro e o cantor e compositor, Erasmo Costa.
Os cinegrafistas cinematográficos do longa metragem, foram os imperatrizenses, Siriano e Jornando Timóteo e Elvis Gasparine, no contra regra.
Para o músico e produtor cultural, Hélio Amaral, que já produziu três filmes, sendo dois curtas e um longa metragem, que é os “Caipiras“, que será lançado no dia (21), disse “que à escolha da cidade de Imperatriz para gravação do filme, tem objetivo de mostrar um pouquinho da nossa cultural imperatrizense, bem como, a cultura em nível de região.”

Por: Joãozinho Cézar – Registro Profissional de Nº 1730/Ma. 
   

Nenhum comentário:

Postar um comentário